terça-feira, 27 de setembro de 2011

E against all odds...

O puto aparece-me á porta de casa, para uma conversa. Que termina num até qualquer dia. Seguido do atravessar de rua, mais longo da minha vida. De umas lágrimas derramadas, já sozinha em casa, quando me apercebi que do nada, a Mel desencantou uma meia dele (quais seriam as probabilidades!!).
O telefone toca. Era ele novamente. Coração bate, acelera, parece que vai sair do peito.
" - Podes descer?" - pergunta
Voo pelas escadas a baixo.
" - Não te podia deixar ir..."- sussurra
Longo beijo. Abraço apertado. 2  pares de olhos brilhantes.
Dois adultos adolescentes felizes a brincar, saltitar e a trocar caricias no meio da rua, até ás 2 da manhã.
E "against all odds" Scarlet e o puto, are back on! :D

9 comentários:

  1. SEM MEDOS!!!

    O CORAÇÃO BATE FORTE COMO O DE UMA ADOLESCENTE!!!
    APROVEITA CADA MINUTO... PORQUE É BOM... SABE BEM!!!
    BJS

    ResponderEliminar
  2. Tão queridooo :)
    Ainda bem, que dure e dure e dureeee !
    Muáh **

    ResponderEliminar
  3. Espero que tudo corra MUITO bem! Felicidades *

    ResponderEliminar
  4. Há que dar uma hipótese ao amor. Todos temos altos e baixos. Agora não abusem nos baixos LOL

    ResponderEliminar
  5. Adoro esta tua história, por todos os motivos e mais alguns :)

    ResponderEliminar
  6. Ah!!! Assim é que é bom de te ler. :D

    ResponderEliminar
  7. parece-me tão distante chamares-lhe "puto", como é que o podes ver como parceiro, se nem um nome decente e maduro lhe dás?

    ResponderEliminar